sexta-feira, novembro 11, 2005

Da minha janela 10



"Toma lá a minha singela participação n" A minha janela". É uma poesia. Espero que gostes, tem sentimento..." Contra-Indicado.

9 Comments:

Anonymous cristina said...

Felicitaçaos, adoro!

9:35 da manhã, novembro 11, 2005   Edit
Blogger As Musas said...

lolololo Tá giro e original.

9:37 da manhã, novembro 11, 2005   Edit
Blogger Isabel-F. said...

Fantástico...

adorei...

Bjs

12:19 da tarde, novembro 11, 2005   Edit
Blogger Ahraht said...

Genial.

Desde a escrita refinada e douta, até à estrutura e à métrica.
Tudo numa proporção cuidada.

Esta é a "verdadeira e genuína" janela.

12:29 da tarde, novembro 11, 2005   Edit
Blogger Catty said...

digno de um grande poeta...



a simplicidade é o melhor caminho para a perfeiçao...

Um sorriso ...simples...

2:32 da tarde, novembro 11, 2005   Edit
Anonymous paulo said...

Gostei da poesia.
Um abraço de amizade
paulo

3:12 da tarde, novembro 11, 2005   Edit
Blogger Dilbert said...

Está excelente esta :)
Olha, aproveito para te deixar aqui um abraço e desejos de um óptimo dia & noite de São Martinho

3:38 da tarde, novembro 11, 2005   Edit
Blogger Eterna Descontente said...

Pois eu não gustei nada! Está tudo mal iscrito!

1º- “Janela” escreve-se com “x”: “xanela”, a sim é que é!
2º- “Apenas” estava bem iscrito – “a penas” – e ele pôs mal!
3º- “Assim” toda a gente sabe que se iscreve separado: “a sim” (cumo eu iscrevi em sima)!

Contra-Indicado: se me istás a ler, fica a saber que és um nabu e uma vergônha para o nosso país que é Purtugal!

8:59 da tarde, novembro 12, 2005   Edit
Blogger Eterna Descontente said...

PS: desculpem, inganei-me a iscrever “pais” (foi com os nervus de tanto erru!)

9:00 da tarde, novembro 12, 2005   Edit

Enviar um comentário

<< Home