terça-feira, abril 04, 2006

Os pés...



Menosprezamos os nossos pés.
Não lhes ligamos nenhuma.
Em suma, damos-lhes com os pés.

São uma das partes mais importantes do nosso corpo mas normalmente andam apertados, suados, quentes, e muitas vezes dentro de sapatos que cheiram mal...
Até na nossa linguagem usamos expressões como "fizeste isso com os pés" ou "deste-lhe com os pés", que pressupõem uma visão negativa de algo.

E porque não dar-lhes um miminho e uma massagem de vez em quando?
E porque não usar sandálias ou chinelos de praia assim que o tempo o permite?
Sem pés, ou sem poder usar os pés, haveria tanta coisa que nos estava vedada...

Esta conversa dos pés, vem a propósito de eu ir deixar de poder usar o meu pé direito durante 15 dias e, começar a pensar na sua importância.
Descobri um belo sinal negro na planta do pé e a dermatologista disse que era para tirar e já. Assim, esta 5ª feira vou à faca.

Isto por exemplo, vai impedir-me de cumprir o ritual de ir apanhar mexilhão na 5ª feira Santa e na Sexta Feira Santa! É um ritual antigo na zona saloia comer mexilhão no dia em que não se pode comer carne. Nesses dias é ver as rochas cobertas de gente e é uma festa passear e comer mexilhão por aqui!

Conduzir, só para perto, andar vai ser de muletas e nem pensar em grandes passeios... Enfim. Depois conto a experiência!

Ontem aproveitei o excelente dia de verão e fui passear na praia, ao fim do dia, descalço, a sentir cada grão de areia que pisava.
Nunca me soube tão bem passear na praia.
O vento quente era quase tropical, e no mar os surfistas desenhavam poesia nas ondas.
Foi bom.

13 Comments:

Anonymous elisabete said...

É verdade! Quantas vezes precisamos de levar uns abanões para relembrarmos quão importantes certas coisas são, por pequeninas ou insignificantes que possam parecer habitualmente. E então elas ganham cores, formas sabores, cheiros novos e fazem-nos sentir outros, como se tivessemos renascido um pouco.

Que corra tudo pelo melhor, querido Azenhas, e que rapidamente possas voltar a sentir a areia nos pés, como nunca, e gozar a apanha do mexilhão e ir por esse mundo fora utra vez, sempre como se fosse a primeira.

1:39 da tarde, abril 04, 2006   Edit
Blogger Álex said...

os meus pés são o meu termóstato: os primeiros a anúnciar que o calor chegou por não aguentarem mais estar fechados; os que precisam de ficar de fora do edredón porque está calor e, porque ficam de fora, sempre a parte do corpo mais picado pelas melgas e primos!
Acho os pés uma parte muito sexy do corpo de um homem, não gosto dos meus.
A partir de 5ª vais ter uma data de tempo para aquelas coisas que têm ido ficando para trás, é de aproveitar!

3:51 da tarde, abril 04, 2006   Edit
Blogger isabel said...

Que corra tudo pelo melhor.

7:23 da tarde, abril 04, 2006   Edit
Blogger Lumife said...

ENCONTRO DE BLOGS EM ALVITO NO PRÓXIMO DIA 22 DE ABRIL .

PROGRAMA

10h30 - POSTO DE TURISMO
Recepção aos Participantes

11h00 - AUDITÓRIO CENTRO CULTURAL
-HOMENAGEM A RAÚL DE
CARVALHO-
-Poeta natural de
Alvito.
Intervenção do Escritor
Antonio Rebordão Navarro

- CONFERÊNCIA BLOGUISTA
Temas defendidos pelos
seguintes oradores:-

-Luis Lança Silva -
(TV ALENTEJO)
-João Espinho-
(PRAÇA DA REPÚBLICA EM
BEJA)

13h00 - QUINTA DOS PRAZERES
Almoço regional

15h30 - Passeio guiado pelo
Concelho de Alvito

17h30 - Visita à Sede do Grupo
Coral

18h00 - Concerto na Igreja Matriz
(Alunos do Conservatório
Regional do Baixo Alentejo)

Valor da refeição 18€ (Dezoito euros) (crianças até 4 anos não pagam, dos 4 aos 10 anos pagam 50%)

PAGAMENTO: Deverão efectuar o pagamento até ao dia 16 de Abril, através de transferência bancária para a conta com o NIB: 0035 0084 0000 3930 700 26 da Caixa Geral de Depósitos e indicar-nos os dados que lhe são solicitados no formulário que enviamos aquando da sua inscrição .

-Desculpem a insistência e o espaço roubado mas não queremos que falte informação sobre o ENCONTRO DE BLOGS EM ALVITO A REALIZAR NO PRÓXIMO DIA 22 DE ABRIL .

As nossas saudações e os nossos agradecimentos

7:23 da tarde, abril 04, 2006   Edit
Blogger Madalena said...

Que corra tudo bem! Já tirei umas coisas das plantas dos pés e realmente o incómodo é grande. No entanto, não é nada que não se aguente. O que importa é tudo ficar a funcionar como dantes e fazer certinho o que o médico manda! Abraço!

9:48 da tarde, abril 04, 2006   Edit
Blogger IsaMar said...

que corra tudo pelo melhor e não dês com os pés!

10:40 da tarde, abril 04, 2006   Edit
Blogger Xib said...

espero que corra tudo bem e que fiques bom rápido.

a nossa páscoa também não vai poder ser por essas bendas... a minha Mãe também vai ser operada, curiosamente, aos pés, mas ela é já amanhã.

beijinhos.

11:13 da tarde, abril 04, 2006   Edit
Blogger Tita - Uma mulher, Um blog, algumas palavras said...

É sempre assim, até nos faltar algo, raras são as vezes que nos apercebemos de sua importância ou até quase, sua existência.

Já fiz uma pequena cirurgia desse género e de facto também eu, passei a dar mais importância aos pés...

Vai correr bem....Estamos contigo.
Um beijo Grande

9:30 da manhã, abril 05, 2006   Edit
Blogger escorpiaotenhoso said...

Desejos de que corra tudo bem e voltes depressa a andar descalço na praia...

ET

11:09 da manhã, abril 05, 2006   Edit
Blogger cristal said...

boa sorte e... 'Para que preciso de pés quando tenho asas para voar?' (Frida)

3:03 da tarde, abril 05, 2006   Edit
Blogger Gurua said...

Engraçado, no outro dia pensei o mesmo por razões mais felizes..
Que pequeno grande prazer andar descalço....
Boa sorte com as muletas :)

11:21 da tarde, abril 05, 2006   Edit
Anonymous Rita A. said...

Um sinal na planta do pé é coisa aborrecida, mas passa depressa. Bem pior são as canadianas e as marcas que deixam nas costas e nas palmas das mãos... Mas a gente guarda a areia para quando voltar.
Break a leg! (wups! não era bem o que queria dizer. Boa sorte!)

3:39 da tarde, abril 06, 2006   Edit
Blogger Luisa said...

Quando passava férias aí nos arredores, também comia os mexilhões na sexta feira santa. Uma tradição muito curiosa. É uma pena não poderes desfrutar desse prazer este ano. Boas melhoras!

12:00 da manhã, abril 07, 2006   Edit

Enviar um comentário

<< Home