quinta-feira, julho 20, 2006

Estacionamento nas Praias de Sintra



Fiquei contente quando verifiquei que estavam a efectuar obras na Praia Grande e que finalmente havia parques de estacionamento e passeio para se descer até à praia sem ser no meio da estrada.



...Até fizeram novos parques de estacionamento no topo da praia.
Que bom!





...Até colocarem o parque pago.
Mas os impostos que pagamos não chegam para suportar as obras públicas tão baratas como terraplanar um terreno, colocar postes de madeira e uma corda??

Teremos que pagar TODAS as obras que as entidades publicas fazem?

já agora... A PENALIZAÇÃO qual é?
Puxam-nos as orelhas?
Qual é o SERVIÇO que estamos a PAGAR,
se NEM SE RESPONSABILIZAM PELO VEICULO?
Esta febre empresarial de se querer fazer dinheiro com tudo tem que parar.
NÓS PAGAMOS IMPOSTOS SABIAM?
SÃO PARA CONSTRUIR O BEM PÚBLICO, SABIAM?
Qualquer dia, além do imposto municipal de circulação,
começamos a pagar por taparem os buracos das estradas.

PAGAR POR ESTE PARQUE É UMA VERGONHA!
E não é o único. Na Praia das Maçãs fizeram a mesma coisa.
MORAMOS AQUI.
QUEREMOS ESTACIONAR O ANO INTEIRO SEM PAGAR.

É pedir muito?

Um abraço

20 Comments:

Blogger Álex said...

E mesmo quando apenas moramos perto e não ai, queremos ir à praia.
É verdade, os impostos que pagamos já deveriam ser para esse tipo de obras e não nos deviam chular mais!!!

11:07 da manhã, julho 20, 2006   Edit
Anonymous NS said...

É verdade.. Uma vergonha. É o aproveitamento da ocasião... Para quem serão as receitas?

11:10 da manhã, julho 20, 2006   Edit
Blogger Sorrisos da minha Alma said...

Enfim o pais que temos!

Beijocas

3:27 da tarde, julho 20, 2006   Edit
Anonymous Anónimo said...

tá tudo muito giro e bom mas quando chega a pagar, aí é que tá tudo mal, já agora quando vamos a SINTRA,ou a CASCAIS,ou há ERICEIRA,ou a SETUBAL,ou a SESIMBRA etc.etc. se queremos ficar perto das praias e centros de interesse tambem pagamos,não sei por tanta admiração por um mês e meio se pagar,talvez por falta de hábito.
txio

6:39 da tarde, julho 20, 2006   Edit
Anonymous Anónimo said...

peço desculpa mas as pessoas que comentam o parque pago são pouco sérias,vejamos:a foto mostra um parque com paus de madeira tratada,todo arranjadinho junto ao rest COROA,que eu saiba ninguem paga nada.
os parques que são pagos são novos,e as pessoas que não querem pagar é um direito que teem,estã com mais espaço para estancionar,porque os 300 carros que os parques suportam,já não andam nas estradas a impedir os outros que procuram numa ruela ou beco ou monte um lugar,quem quiser estar descançado e que não tenha receio do carro ser rebocado e pagar 30€ multa+30€ para desbloquear+30€ de reboque,leva o carrito para o parque,e esse dinheiro é para pagar os paus +mão obra+corda,porque se queremos ter as coisas arranjadinhas temos de pagar,e não é pouco,ninguem trabalha de borla.
portanto respeito a vossa opinião mas sejam sérios e não manipulem as noticias,sabem uma foto vale mais que mil palavras.
frequentador das praias--(maçãs,grande adraga)

6:57 da tarde, julho 20, 2006   Edit
Anonymous P. N. said...

Os espaços de PRIVADOS deram lugar a espaços públicos, arranjados pela Junta de Freguesia de Colares - com dinheiros nossos -para dar lucros a uns e a outros. Ilegalidade completa. Recibos não existem. Ilegalidade completa. Foi aprovada na última assembleia de freguesia o valor do taxamento dos parques - todas as forças políticas presentes aprovaram-no.
Proponho parquímetros legais em toda esta área, tal está, com isenção para os moradores, como se faz aqui na minha terra, em Lisboa e muitas mais. Aproveito para lembrar aos senhores moradores destas zonas, que as assembleias de freguesia são um bom motivo para não deixar passar certas coisas. O público tem direito a expor temas que quiser. Confrontem-nos. Um amigo da terra e das gentes

7:22 da tarde, julho 20, 2006   Edit
Anonymous Anónimo said...

Para quem fala do bem destes parques, deve ter as costas quentes... quanto ao comentário da GNR (que faz muito bem em autuar viaturas em desrespeito), espero que não exagere nas autuações...

7:26 da tarde, julho 20, 2006   Edit
Anonymous Anónimo said...

Estacionem à vontade. Peçam recibo (com n.º contribuinte, nome e respectiva gráfica). se não vos derem chamem a GNR. Apostamos quem vai preso?

7:50 da tarde, julho 20, 2006   Edit
Blogger Azenhas said...

Gostava que os anonymous assinassem o texto...

Nestas praias não existe alternativa de transportes suficiente em numero e comodidade para não levarmos o carro.

Em Lisboa, penso que o argumento para os parques pagos são:
- Espaço escasso e caro; o terreno é caro e,
- Desencentivar o USO de VIATURAS para entra/sair da Cidade.
Isto é o que ainda me ocorre das noções que tenho de geografia e do central business district...

Em Sintra, ericeira, etc, ...please.
Já é roubar dinheiro.
Construam PARQUES ou então deem alternativas para as deslocações até ao comboio ás pessoas..

Na Praia GRANDE e afins... é roubo.
O terreno URBANO é caro, pois o PNSC não permite construir e bem. Mas o Terreno PUBLICO é enorme .

Para quando arranjar a via pedonal e para bicicletas que atravesse o litoral urbano do Magoito até à adraga?
Isso não pois custa dinheiro e ninguém paga portagens, não é?

QWuanto custou as obras para o parque da praia grande? 5.000 euros?
a 2 euros por carro e com 300 lugares, ficaria pago em 8 dias de total ocupação ( 4 fins de semana de julho ou 8 dias de Agosto!).

Ok. Custou 15.000 euros para se poder pagar bem aos homens? fica pago em 3 semanas de Agosto.
O DINHEIRO QUER SOBRA È PARA QUÊ????? EU PAGO IMPOSTOS!!!

9:47 da tarde, julho 20, 2006   Edit
Blogger Ana said...

Meu caro a resposta a isto é óbvia...
Pagamos impostos para os "coitadinhos" dos deputados não morrerem à fome. LOL

11:32 da tarde, julho 20, 2006   Edit
Blogger Joana Rodil said...

Esquece-se mais uma vez que Sintra só é Sintra quando se tiver em conta as suas gentes. As pessoas fazem parte da paisagem. Precisam ser respeitadas e cuidadas. E as arribas? Continuam instáveis? E as ilegalidades cometidas? E o Parque Natural Sintra Cascais? Teve voto na matéria? E os terrenos, são públicos ou privados? Não brinquem connosco, por favor!

1:17 da tarde, julho 21, 2006   Edit
Blogger Joao said...

Por outro lado, ir à praia é um luxo, a praia é para os que tâm mais, não para o povo. Cobrem senhores, cobrem muito! 2 é pouco, 10 seria bom.
Esta terra, Portugal, cada vez desilude mais. Enfim... dá vontade de dizer impropérios que não ficariam bem aqui no teu blog.

3:54 da tarde, julho 21, 2006   Edit
Blogger Lammazze said...

Boas !
É tudo muito certo..
a questão é que mesmo se o parque custasse 20euros, de certeza que iria estar cheio na mesma ! Porque o Português queixa-se ao mesmo tempo que se acomoda..
É claro que há excepções ! Infelizmente somos minoria. Larga minoria.

Abraços, bfs !

7:27 da tarde, julho 21, 2006   Edit
Blogger Ahraht said...

Em cada 100 euros que o meu patrão paga pela minha força de trabalho, o Estado, e muito bem, tira-me 20 euros para o IRS e 11 euros para a Segurança Social.
O meu patrão, por cada 100 euros que paga pela minha força de trabalho, é obrigado a dar ao Estado, e muito
bem, mais 23,75 euros para a Segurança Social.
E por cada 100 euros de riqueza que eu produzo, o Estado, e muito bem, retira ao meu patrão outros 33 euros.
Cada vez que eu, no supermercado, gasto os 100 euros que o meu patrão pagou, o Estado, e muito bem, fica com 21 euros para si.
Em resumo:
Quando ganho 100 euros, o Estado fica quase com 55.
Quando gasto 100 euros, o Estado, no mínimo, cobra 21.
Quando lucro 100 euros, o Estado enriquece 33.
Quando compro um carro, uma casa, herdo um quadro, registo os meus negócios ou peço uma certidâo, o Estado,
e muito bem, fica com quase metade das verbas envolvidas no caso.
Eu pago e acho muito bem, portanto exijo :
- Um sistema de ensino que garanta cultura, civismo e futuro emprego para os meus filhos.
- Serviços de saúde exemplares.
- Um hospital bem equipado a menos de 20 km da minha casa.
- Estradas largas, sem buracos e bem sinalizadas em todo o país.
- Auto-estradas sem portagens. Pontes que não caíam.
- Tribunais com capacidade para decidir processos em menos de um ano.
- Uma máquina fiscal que cobre igualitariamente os impostos.
Eu pago, e por isso quero ter, quando lá chegar, a reforma garantida e jardins públicos e espaços verdes bem tratados e seguros.
....Polícia eficiente e equipada.
....Os monumentos do meu País bem conservados e abertos ao público, uma orquestra sinfónica.
....Filmes criados em Portugal .
....E, no mínimo, que não haja um único caso de fome e miséria nesta terra.
.... Na pior das hipóteses, cada 300 euros em circulação em Portugal garantem ao Estado 100 euros de receita.
....Portanto, Srs. Governantes, governem-se com o dinheiro que lhes dou porque eu quero e tenho direito a tudo isto.

Um Abraço

12:04 da tarde, julho 23, 2006   Edit
Blogger Joao said...

e na praia grande vai ser colocada uma cancela, onde acaba o alcatrao

11:21 da tarde, julho 23, 2006   Edit
Blogger José Cavalheiro said...

ah ...
E na Adraga, o dono do restaurante, que é concessionário da praia, que não deixa espaço para os chapeus de sol, é finalmente também dono de um parque de estacionamento.
bué né!
E ...... sabem quanto custa parquear lá o carro 3€.....
Alguem me sabe dizer quem autoriza estes roubos
Fiquem bem

11:31 da tarde, julho 26, 2006   Edit
Blogger Canico said...

Neste país só nos falta pagar para respirar,mas já não deve faltar muito para inventarem uma lei q nos obriga a pagar pelo ar q respiramos.

4:47 da tarde, julho 28, 2006   Edit
Blogger ME said...

ainda a semana passada la estive a passar ferias, e realemnte é o caos pra estacionar!!!mm o parque pago estava lotado=\ mas ao menso ja tem parque...
agr nao sei se foi por causa disse q tiraram a fantastica barraquinha do maravilhoso pao com chouriço=\
sei q nc comento este blog..mas lembrei-m dele enquanto passei ferias..pois estive algumas x nas azenhas do mar=D
* * * *
ps...devia deixar haver comentyarios sem ser do blogger=\

12:11 da manhã, julho 29, 2006   Edit
Blogger José Cavalheiro said...

Gostaria de partilhar com vosco as informações que vou obtendo sobre o licenciamento dos ditos parques.
Aqui vai a resposta a um mail feita á marinha, que tutela a costa portuguesa:
"Classification: INFORMAÇÃO NÃO SENSÍVEL - DISPONÍVEL AO PÚBLICO

Exmo. Senhor
José Cavalheiro

Em resposta ao seu email cumpre-nos informar que os licenciamentos e a gestão dos referidos parques de estacionamento são da responsabilidade do Parque Natural Sintra-Cascais. Para obter mais informações sobre este assunto terá que contactar esta entidade.
Com os melhores cumprimentos,
O Serviço de Informação e Relações Públicas"
Fiquem bem

7:36 da tarde, agosto 03, 2006   Edit
Blogger totoia said...

Por falar em PAGAR e desculpem mudar de sitio, sabem quanto um morador em Sintra paga para visitar o Palácio da Pena, sem direito a visita guida, folheto explicativo e sem ver as salas todas (na totalidade vê-se umas 6, no máximo). SETE euros, não há descontos para estudantes ou moradores, ao Domingo tb se paga... ROUBO!! É o único local que conheço que pratica esses preços...Mais uma vez eu questiono para onde vai os meus impostos, mesmo??

9:52 da tarde, agosto 10, 2006   Edit

Enviar um comentário

<< Home