terça-feira, agosto 22, 2006

...Durante a minha ausência.


foto de Paulo Azevedo


...Durante a minha ausência aconteceu de tudo nas Azenhas.

O Café do Mar, fechou definitivamente as portas.

As festas das Azenhas foram um sucesso, especialmente nas vacadas nocturnas, que atraíram muita gente nova que nunca tinha levado uma marrada na vida. Foi de certeza a primeira de muitas.

O João Pedro e o Rodrigo, do Restaurante Piscinas das Azenhas do Mar, fizeram obras na piscina pública e criaram uma esplanada e um pequeno bar de apoio aos veraneantes.

São pessoas assim, com iniciativa, que vão fazer as Azenhas do Mar crescer.

A piscina a que quase ninguém usava é este verão o ponto de (re)encontro das pessoas com o mar. Esta iniciativa não teve apoio financeiro de nenhum organismo público.
Obrigado aos dois pela iniciativa e espero que tenham o devido retorno financeiro, pois sem ovos não se fazem omeletes.

O Parque Natural Sintra-Cascais, conforme leram aqui, encerrou o Café MiraAzenha, no parque de estacionamento com melhor paisagem do mundo, pois poderia cair cheio de turistas até ao mar.

A Dona Lina, proprietária do MiraAzenha, lançou um folheto nas Azenhas com um apelo: Tem a hipótese de construir um novo café no parque de estacionamento, obviamente mais para trás. Precisa de um sócio com capital para investir, pois dinheiro não tem. A análise que faço, pessoalmente, do negócio é que pode dar um bom lucro e consigo imaginar uma construção em madeira, como as novas casas pré-fabricadas, Que nos dê abrigo do vento norte e nos permita ver o mar.

Um sonho. Se houver alguém por aí que queira participar nele é só passar pelas azenhas e ver os papeis que a D. Lina espalhou por lá. É uma oportunidade ÚNICA de INVESTIMENTO.

Manter um blog é um passatempo que se faz com paixão.

Escrever diariamente passa a ser tão natural como tomar um cafézinho de manhã.
Quando se quebra rotinas, aproveita-se para reavaliar comportamentos, e como já não moro na localidade, já não tenho tempo para me manter informado de tudo o que se passa nas Azenhas.

Quem quer escrever aqui? As portas estão abertas, e a intenção inicial do blog das Azenhas mantém-se: escrever sobre a paixão e o efeito da maresia das nossas vidas.

Enquanto não aparecer mais pessoas que queiram escrever, este blog vai passar definitivamente a um formato de actualizações QDQ, i.e. vai ser actualizado Quando Deus Quiser.

Obrigado mais uma vez a todos os que passaram por este cantinho e se dão ao trabalho de comentar. Os comentários são um estímulo muito importante para quem escreve.

Graças ao blog das Azenhas conheci muita gente interessante.

Cresci como pessoa, gritei a minha paixão e exorcizei os meus demónios, perdi alguns amigos e ganhei outros. Fui injuriado e elogiado. Espiado e admirado. Em suma, vivi a minha vida publica de uma nova forma. Mas vou seguir em frente, pois a vida é feita de mudanças suaves e mudanças bruscas. Sinto falta da minha privacidade.

Da minha janela, aquele abraço.

10 Comments:

Blogger pedro macieira said...

Desde que ando nestas andanças de Blogs,encontrei no Azenhas, um veteranismo, que me fez pensar que era possivel manter activo um Blog,durante todo o tempo, depois de três meses de árduo trabalho para manter o Rio das Maçãs com alguma dignidade, mais admiro o esforçado trabalho deste Blog, que conseguiu estar no "ar" durante tanto tempo, e por isso também aprendi e espero continuar a aprender ainda durante muito tempo com as visitas que se tornaram diárias ao Azenhas.
Um abraço

5:00 da tarde, agosto 22, 2006   Edit
Blogger Pedro Ferreira, Visconde de Cunhaú said...

Muitos acontecimentos pelas terras mais ocidentais do continente europeu! :)
Saúdo o regresso...

11:25 da tarde, agosto 22, 2006   Edit
Blogger A Rapariga said...

As coisas que acontecem em tão pouco tempo.

Já tinha dado por algumas visto ser assídua visitante das Azenhas, dos cafés e restaurantes.

De ti, gosto muito, não consigo "ver" ninguém a injuriar-te.

Vai ao meu blog, está lá uma cara tua conhecida.

Beijos aos dois

11:43 da tarde, agosto 22, 2006   Edit
Blogger Eufigénio said...

Um grande Abraço Pedro. Daqui foste admirado, pelas razões que tu sabes.

4:36 da manhã, agosto 23, 2006   Edit
Blogger Visão Ludibriada said...

ë verdade, muita coisa aconteceu nas azenhas, apesar de não estar mais lá, vejo que a cara das azenhas muda a cada dia. Fechar o MiraAzenha e mal, Fechar o Café do Mar essencial... Pq?? Um dia falo e não demorará muito. Caro Pedro, saudações ao retorno, apesar de não contribuir muito ao blog sou um leitor assiduo, Gosto de tuas idéias. abraços verde e amarelo Edu!

12:07 da tarde, agosto 23, 2006   Edit
Blogger Joao said...

Da minha cadeira, aquele abraço! Obrigado pelo blog!

4:31 da tarde, agosto 23, 2006   Edit
Blogger NS said...

Da minha janela, VIVA as Azenhas do Mar! Blog pai do COLARES!!!!!!!

11:19 da tarde, agosto 23, 2006   Edit
Blogger zm said...

... e blog pai também do Arrumário!
Um abraço para o Azenhas e outro para o NS do Colares.
Zé Maria

4:03 da tarde, agosto 24, 2006   Edit
Blogger IsaMar said...

gosto deste blog. e desde que aqui venho digo: hei-de ir às Azenhas, mas ainda não cumpri a minha vontade. Não feches o espaço. escreve sempre que queriras. serás lido, pelo menos por mim.

10:35 da manhã, agosto 25, 2006   Edit
Blogger Escrevedora said...

da minha janela , de onde desde pequena se vê o cheiro intenso que nos perspassa a pele, tão único, que as Azenhas, paradas, continuam muito embora a empurrar em jeito de maresia e vida, fica finalmente audível um sorriso alegre, que até agora tem acompanhado este blog só em modo voyeur.

Precisamente porque me ajuda a tornar mais leves os suspiros pelo fim-de-semana que parece sempre longínquo, servindo de janela imaginada, a abreviar a distância, para a vista das Azenhas, durante os dias de trabalho alfacinha.

E se forem precisas mais mãos, ou olhares, estamos cá para isso!

11:42 da manhã, setembro 02, 2006   Edit

Enviar um comentário

<< Home